Archive for maio \13\UTC 2011

amor

13/05/2011

eu não tenho pressa / porque amo mais hoje,

amo para depois do amor / desde antes da demora

até crescer deste tamanho

e me tornar grande e menor diante de você

que se torna grande e menor diante de mim

a caber pequeno / e eu pequena em você

 

por um calor que se expande no frio

por atrito e concavidades

como pedras esculpidas pela curva do riacho

tudo fresco e renovado / a passagem incessante

nossas aberturas / os nós e as pontas

um tecido sem pressa / porque o irregular demora

amor