cuidado

 

ela deseja

o que nunca  viveu

mas consegue intuir

no espaço do corpo

o talvez

 

ela fixa

embora sinta-se fluxo

desenho de um movimento

entre paredes póstumas

e trajetória prévia

 

ela foge

esvazia contornos

neste desejo vivo

intimidade côncava

em segredo de si

 

Anúncios

3 Respostas to “cuidado”

  1. alexandre de sena Says:

    ! lindo

  2. Natália. Says:

    Professora leio você! Sinto a vida em sua poesia!
    Abraço, Natália.

  3. Helen Novais Says:

    Que lindo, Júlia! Outro dia estava falando para um outro poeta sobre a profundidade das suas palavras. Como capricha na escolha das palavras a ponto deu me sentir completa com a fruição. Beijos, saudades, amiga!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: